Rede integrativa para enfrentamento das desigualdades em saúde - RIDES

Desigualdades em saúde se manifestam em diferentes escalas territoriais, no âmbito global e no interior dos países. Seu enfrentamento requer estratégias de cooperação internacional voltadas para a formação na pós-graduação, a realização de pesquisas e a produção de conhecimento em dois âmbitos complementares: determinação dos processos saúde-doença (dimensões epidemiológicas, social, ambiental); e políticas, sistemas e serviços de saúde (dimensão das políticas de promoção e atenção à saúde da população). A influência da determinação social no processo de adoecimento parte do pressuposto de que a saúde é um fenômeno complexo, multifacetado, e deve ser examinado através de dimensões socioculturais, biológicas dentre outras. Na Saúde Pública, historicamente, as explicações biomédicas têm suplantado as interpretações sociais acerca da determinação do processo saúde/doença. Embora os avanços alcançados pela biomedicina tenham contribuído em grande medida para um aumento da expectativa de vida e melhoria de outros indicadores de saúde, é inegável o seu limite diante da complexidade do atual panorama sanitário. A contribuição de modelos que incorporem as dimensões sociopolíticas e ambientais também é fundamental para a compreensão e enfrentamento das doenças e agravos à saúde na contemporaneidade. Nesse contexto, a rede integrativa para enfrentamento das desigualdades sociais em saúde fundamenta-se em pesquisas que abordem os seguintes eixos: estudos epidemiológicos; estudos dos determinantes de saúde, que investiguem de que forma condições sociais acarretam distintas exposições e, portanto, diferentes desfechos de saúde; análise de desigualdades socioespaciais relacionadas aos modelos de desenvolvimento, incluindo questões relativas à vulnerabilidade social e ao ambiente e o impacto na saúde; políticas públicas e sistemas de saúde, considerando suas repercussões para a oferta, a organização da rede, as condições de acesso e de atenção à saúde da população.

Projetos da Rede

Acesse os programas dessa rede. Clique aqui.