Rede Integrativa de Ciência e Tecnologia para o Enfrentamento de Doenças Infecciosas e Re-emergentes - Ricei

As enfermidades infecciosas permanecem como grande desafio para a saúde humana. Há vários aspectos destas enfermidades que permanecem com déficit importante no conhecimento científico. Há deficiência de conhecimento sobre os próprios agentes patogênicos, o que compromete a compreensão de aspectos da transmissão e da epidemiologia, cujo exemplo recente de grande importância é o vírus da Zika. Em muitas outras enfermidades, não há conhecimento avançado o suficiente para a compreensão dos mecanismos patogênicos envolvidos na enfermidade, muito patente na doença causada pelo vírus Chikungunya, o que limita o desenvolvimento de produtos para sua prevenção e tratamento. Há também imperiosa necessidade do entendimento global da interação dos agentes infecciosos. isto implica no entendimento das relações com a) o meio ambiente; b) com os diversos animais que interagem com o homem; c) com outros patógenos aos quais o hospedeiro foi ou está exposto; além d) da interação com agravos não infecciosos presentes na população, como bem ilustrado pela interação entre a tuberculose e o diabetes.

Projetos da Rede

Acesse os programas dessa rede. Clique aqui